Bando de satanazes…

O Consórcio Nordeste custou, somente em 2019, R$ 10 milhões de reais, despesas divididas em custeio (R$ 4,9 milhões) e gastos com pessoal e encargos (R$ 5 milhões). É o que mostra o contrato de rateio entre os nove estados, assinado pelos governadores da Região.

Um detalhe é que a criação do consórcio foi e março, ou seja, os valores correspondem a um período menor que 1 ano de exercício consórcio.

“O referido Contrato de Rateio 01/2019 , foi firmado entre os nove Estados do Nordeste, tendo como objeto a definição dos valores, das regras e dos critérios de participação financeira dos entes consorciados na cobertura das despesas operacionais relativas às atividades do consórcio, para o exercício de 2019”, diz o documento assinado em julho de 2019.

Deixe um comentário