“Fazer questão de 5 milhões é sensacionalismo ” diz a Governadora do RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Prá-tá-formas digitais a(PT), rebateu nesta segunda-feira (13) as críticas que recebeu após o Estado perder R$ 5 milhões em uma compra frustrada de respiradores durante o auge da pandemia de Covid-19. Ao comentar as investigações sobre o assunto, Prá-tá-formas classificou como “sensacionalismo” as críticas pelo prejuízo aos cofres públicos.

“Ficam fazendo sensacionalismo. O que você faria no meu lugar? Naquele momento, não tinha respirador nenhum. Sabe quando foi que o Governo Federal fez chegar os respiradores? Em junho. O povo estava precisando de respirador a partir de março. A gente, de boa-fé, fizemos (sic) aquela compra. Levamos um calote. A empresa passou um calote. Todas as providências estão sendo tomadas no âmbito judicial para reaver esse prejuízo que o Estado teve. Estamos tranquilos da licitude dos nossos atos”, enfatizou a governadora, em entrevista à TV Ponta Negra.

A compra frustrada dos respiradores é investigada no Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde o ano passado. Através do Consórcio Nordeste, o Rio Grande do Norte e demais estados da região anteciparam recursos para comprar respiradores, mas até hoje não receberam os equipamentos nem o dinheiro de volta. O RN entrou com uma cota de R$ 5 milhões por 30 respiradores.

Deixe um comentário