Tomou no Frezado!

SÃO PAULO — Um ano e meio após deixar a Executiva Nacional e no momento em que o partido vive uma crise de desfiliações, João Amoêdo pediu para voltar à direção do Novo, partido que ajudou a fundar e pelo qual foi candidato à Presidência em 2018.
.
.
Em e-mail enviado aos membros do Diretório Nacional no último sábado, o ex-presidenciável se colocou “à disposição para retornar, de imediato” ao comando e assim ajudar na “consolidação partidária e no pleito de 2022”. O retorno, no entanto, foi rejeitado pelo Diretório do partido na noite desta segunda-feira.

Deixe um comentário