Câmara deve cassar vereador que foi preso em Parnamirim!

A câmara municipal de Parnamirim deve cassar o mandado do vereador Diogo Rodrigues, segundo o regimento interno o vereador cometeu quebra de decoro parlamentar por receber vantagens indevidas durante o exercício do mandato parlamentar.
.
O presidente da Câmara municipal de Parnamirim Wolney França sabe que a sociedade está de olho e deve aplicar o regime interno, cassando o vereador que passou a maior parte do mandato na cadeia.
.
Relembre o caso.
Diogo e esposa foram denunciados pelo MP-RN por quatro crimes. Diogo Rodrigues foi apontado como operador do esquema de fraudes no sistema de marcação de consultas e exames do Sistema Único de Saúde (SUS) no Estado.
A decisão irá por em cheque a imagem e credibilidade desta casa, uma vez que somadas apenas as quatro denúncias já oferecidas pelo MPRN e recebidas pela Justiça potiguar, Diogo Rodrigues responde 300 vezes por corrupção passiva, 300 vezes por peculato, 476 vezes por inserção de informações falsas em banco da dados da administração pública, 83 vezes por lavagem de dinheiro e uma vez por fraude em licitação, além de recebimento de vantagens indevidas durante o exercício do mandato parlamentar.

Deixe um comentário