Putin bombardeia civis na Ucrânia!

img_8295 Putin bombardeia civis na Ucrânia!
Nesta madrugada, as tropas de Vladimir Putin bombardearam criminosamente os civis de Mykolaiv. Segundo o governo de Kiev, foram usados foguetes Smerch. É o quarto dia de bombardeio na cidade, próxima de Odessa. Até agora, porém, o carniceiro russo não conseguiu ocupá-la.
.

Um coronel da 59ª Brigada do Exército Ucraniano, que defende Mykolaiv, disse para o repórter do New York Times:
“Poucos esperavam tanta força do nosso povo porque, quando você não dorme há três dias, e quando você só tem uma ração seca porque o resto queimou, quando a temperatura está abaixo de zero e não há nada para aquecê-lo, e quando você tem de lutar o tempo todo, acredite, é muito duro fisicamente”.
.
.

O fracasso da Rússia em tomar rapidamente cidades como Mykolaiv é atribuído a “problemas logísticos, decisões táticas desconcertantes e baixa moral”.
O que mais realmente surpreendeu, no entanto, foi a defesa heróica dos soldados ucranianos.
.
.

“A maioria dos analistas militares e até mesmo alguns generais ucranianos previram que, se a Rússia montasse uma invasão em grande escala, as forças armadas da Ucrânia não durariam mais do que alguns dias ou até algumas horas. Mas, aproveitando seu conhecimento do território, atacando pesadas colunas de tropas russas com unidades pequenas e ágeis e usando de maneira eficaz as armas enviadas pelo ocidente, como granadas antitanque, as forças ucranianas conseguiram retardar, se não parar, o avanço russo”.
O governador da região de Mykolaiv disse para a reportagem que os soldados russos estavam se rendendo em grande número e que havia tantas armas abandonadas pelo inimigo que ele nem tinha homens para coletar tudo.
Derrotados no terreno de batalha, os russos sempre recorrem a bombardeios em massa dos civis. Foi o que ocorreu nesta madrugada em Mykolaiv. Ainda não se sabe o saldo desse novo crime de guerra de Putin.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima