Novelas fracassam, espantam público da Globo e levam crise histórica ao horário nobre

img_1441-1-1024x512 Novelas fracassam, espantam público da Globo e levam crise histórica ao horário nobre

A Globo enfrenta a maior crise de audiência no horário nobre de sua história diante do fracasso do remake de Elas por Elas no horário das seis e o baixo desempenho da primeira semana de Família é Tudo às 19h. De acordo com o levantamento exclusivo feito pelo NaTelinha, se levar em conta o início de março deste ano em comparação ao mesmo período de 2023, em média, 22 a cada 100 telespectadores fugiram da emissora.
Anuncios
Segundo números aferidos pela Kantar Ibope Media referentes à Grande São Paulo, obtidos pela reportagem por terceiros, a programação da Globo levada ao ar no prime time em 2023, que era Mar do Sertão, SP2, Vai na Fé, Jornal Nacional e Travessia, marcou 23,5 pontos.
Já na grade deste ano, composta por Elas por Elas, SP2, Família é Tudo, JN e Renascer, atingiu, entre 04 e 09 de março, uma média de 19,9. Queda de 21,8% no prazo de 12 meses na faixa mais lucrativa da TV e no mercado publicitário mais importante do país.
Anuncios
A evasão dos telespectadores da Globo no horário nobre pode ser atribuída ao desempenho insatisfatório de suas novelas, que historicamente representam o principal atrativo da programação.
Globo não acerta com novas novelas
Com um enredo confuso e um elenco composto majoritariamente por atores desconhecidos, o remake de Elas por Elas não obteve sucesso e tem registrado as piores marcas de audiência desde a instituição do horário das seis. Até o presente momento, a média em São Paulo é de apenas 14,8 pontos. No ano anterior, Mar do Sertão, que estava sendo exibida, alcançava médias aproximadas de 20 pontos. Ou seja, uma queda de 25% no horário. Com isso, Elas por Elas é a novela de pior audiência na faixa desde a criação da novela das seis, em 1971. 
A novela de Daniel Ortiz para o horário das sete, Família é Tudo, atingiu na sua primeira semana 18,7 pontos. Vai na Fé era a trama que estava no ar em março de 2023 e pontuou 23 de média nos primeiros dias do mês. Uma perda de cerca de 18,7% dos telespectadores na faixa.
No horário das nove, no início de março de 2023, a novela Travessia encontrava-se em sua vigésima segunda semana e registrou uma média de 26,4. Entre os dias 04 e 09 de março de 2024, em sua sétima semana, o remake de Renascer apresentou uma média 1,6 ponto a menos que a trama escrita por Glória Perez.
Além disso, a história de José Inocêncio e seu diabinho vem apresentando um declínio no Ibope desde sua estreia, quando alcançou uma média de 28 pontos nas primeiras semanas.
renascer-na-globo-baixa-audiencia_6715 Novelas fracassam, espantam público da Globo e levam crise histórica ao horário nobre
O desempenho insatisfatório desses folhetins repercute negativamente nas demais atrações. Provocando um efeito dominó. Na grade de programação elaborada pela Globo, as novelas exibidas às seis, sete e nove horas têm a função de intercalar o Jornal Nacional e o SP2 – espaço dedicado ao noticiário regional.
Na semana passada, o telejornal conduzido por William Bonner e Renata Vasconcellos registrou a sua pior média anual, alcançando 22,6 pontos. A título de comparação, essa audiência é inferior à registrada na semana do Ano Novo. No período de 1 a 6 de janeiro, o Jornal Nacional obteve 23,9 pontos.
O retorno de Alma Gêmea
Na tarde da última terça-feira (12), a Globo anunciou a novela Alma Gêmea como substituta de Paraíso Tropical no Vale a Pena Ver de Novo. Essa decisão reflete uma preocupação com o atual cenário do horário nobre. A trama espírita, escrita por Walcyr Carrasco e Thelma Guedes, teve sua primeira exibição entre 2005 e 2006, alcançando uma média de 38 pontos na Grande São Paulo, tornando-se a novela mais assistida no horário das seis durante aquela década.
O retorno de Alma Gêmea marca uma mudança de rota na emissora. O NaTelinhaapurou que a Globo não pretendia voltar a investir nas novelas que tratam da temática espírita na grade da TV aberta. No VPVN, o folhetim terá o objetivo de elevar o início da programação noturna, ou seja, esquentar faixa para Rancho Fundo, a nova novela das seis, que está prevista para começar em 15 de abril. 
A queda de audiência da Globo
Ainda que permaneça como líder incontestável de audiência, a Globo tem enfrentado um declínio progressivo em seus índices a cada ano. Em 2017, a emissora adotou o lema “100 milhões de Uns”, destacando que sua programação era vista diariamente (TV aberta + Globoplay + TV paga) por 100 milhões de brasileiros. Entretanto, durante o Upfront, um evento direcionado ao setor publicitário realizado em outubro de 2023, foi revelado que o número havia decrescido para 76 milhões por dia, representando uma redução de 24 milhões de telespectadores ao longo dos últimos seis anos.
Os índices mais baixos de audiência da Globo coincidem com uma mudança de comportamento no consumo de televisão pelos brasileiros. De acordo com a Kantar Ibope Media, em março de 2023, a participação de audiência entre a TV aberta e a TV por assinatura era de 86,1%. No entanto, em fevereiro deste ano, essa porcentagem caiu para 69,3%. Além disso, no ano passado, o YouTube detinha 7,8% de participação no mercado, enquanto no mês passado esse número aumentou para 18,1%.
Confira os gráficos abaixo:
audiencia-ibope-tv-marco-de-2024_5195 Novelas fracassam, espantam público da Globo e levam crise histórica ao horário nobre
audiencia-ibope-tv-marco-de-2023_1740 Novelas fracassam, espantam público da Globo e levam crise histórica ao horário nobre
Na Telinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima