Marcelo Carrião apresentador da TV RECORD é preso por tráfico de drogas

O jornalista e ex-apresentador de telejornal Marcelo Carrião foi preso em flagrante por tráfico de drogas, nesta quarta-feira (28), em Santos, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1, ele foi detido com mais oito suspeitos pelo crime em uma operação da Polícia Civil. 

Conforme apurado pelo g1, durante as investigações Carrião é citado como ‘fornecedor’ dos entorpecentes. Durante a mesma operação, a Polícia Civil localizou três estufas de plantação de maconha em uma casa na Rua Joaquim Nabuco, no bairro Vila Matias. 
g1 tentou contato com a defesa de Carrião, mas não obteve retorno até a última atualização da reportagem . Polícia Civil localiza estufas de maconha no litoral de SP 
A Polícia Civil cumpriu, nesta quarta-feira (28), nove mandados de busca e apreensão na região. Destes, seis suspeitos foram detidos – entre eles, Carrião. As investigações prosseguem em busca dos outros três, que ainda não foram localizados. Além deles, a corporação prendeu mais três pessoas, identificadas a partir de conversas em celulares apreendidos. 
A operação, chamada ‘Domo de Ferro’, contou com com 39 agentes e 14 viaturas, de acordo com o delegado Fabiano Barbeiro, da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic).
“Nos locais, foram encontrados os suspeitos com uma quantidade de droga que ainda estamos apurando. Neste [local], em particular, encontramos uma plantação de dois irmãos que são fornecedores de drogas para um dos alvos [da operação]”, afirmou o delegado Barbeiro.
Nas imagens, obtidas pelo g1, é possível ver três ‘barracas’ com os pés de maconha na casa localizada na Rua Joaquim Nabuco, no bairro Vila Matias, em Santos. Essas estufas contavam, inclusive, com ventiladores no interior e iluminação especializada (assista acima).
Nascido em Osasco (SP), Carrião se formou em jornalismo na Universidade Católica de Santos, em 1995. 
Ele trabalhou como produtor e repórter na TV Mar, afiliada à TV Manchete, entre 1993 e 2005, e repórter da Rede Record, entre 2005 e 2011. Conforme divulgado por ele na internet, o último trabalho foi no SBT, como repórter e apresentador de telejornal. 
g1 entrou em contato com o SBT e a emissora informou que Carrião não trabalha mais no local há quatro anos e, portanto, não tem nada a declarar.

.
0 Comentário

Cantor Eduardo Costa irreconhecível

Uma nova aparição de Eduardo Costa surpreendeu o público online devido à sua notável perda de peso. O cantor sertanejo, atualmente afastado dos palcos para se dedicar à família, foi flagrado em um momento descontraído pela esposa, Mariana Polastreli. 
Nas redes sociais, o vídeo gerou grande repercussão, com muitos usuários impressionados com a mudança na aparência do artista. Comentários inundaram as páginas de fofoca, com muitos internautas expressando incredulidade diante da transformação física de Eduardo Costa. 
Enquanto ele brincava com as maquiagens de sua esposa, sua aparência foi o centro das atenções, levando alguns a compará-lo até mesmo ao personagem Stefan Salvatore da série “The Vampire Diaries”.
Recentemente, o cantor enfrentou um período difícil após a perda de seu cavalo favorito, o que o abalou emocionalmente. Apesar disso, Eduardo Costa lançou uma nova música intitulada “Você Decide”, acompanhada de um videoclipe onde sua perda de peso já era visível. Essa mudança física e o retorno à cena musical continuam a gerar interesse e especulações entre seus fãs e seguidores.
0 Comentário

Hahahahahahah….

O orçamento da Universidade Federal da Bahia (Ufba) para 2024 será de R$ 173,2 milhões, R$ 13 milhões a menos do que os R$ 186,3 milhões recebidos em 2023, um corte equivalente a 7%.
 
Aplicada a correção inflacionária referente aos últimos 12 meses, pelo IPCA, a defasagem é ainda maior: seriam necessários R$ 21,6 milhões a mais somente para igualar a dotação orçamentária de 2023 mais a inflação.
 
Além disso, em valores nominais (ou seja, sem considerar sequer a inflação), o orçamento de 2024 é inferior ao de 2014, quando a universidade tinha menos alunos, cursos e área construída.
 
A Ufba explica que esse cálculo não é meramente ilustrativo, uma vez que o índice inflacionário orienta os reajustes de todos os contratos assumidos pela Universidade – entre os quais serviços de segurança, portaria e limpeza, além das despesas com consumo de água e energia elétrica de uma comunidade de mais de 50 mil membros.
 
O cenário não é exclusivo da Ufba. O orçamento destinado pela Lei Orçamentária Anual (LOA) às universidades federais para o ano de 2024 sofreu um corte de R$ 310,3 milhões em relação ao ano passado, caindo de R$ 6,2 bilhões para R$ 5,9 bilhões.
 
“A defasagem orçamentária obriga a comunidade universitária, na UFBA e em todo o país, a continuar enfrentando sacrifícios”, afirma o reitor Paulo Miguez. “O corte é inexplicável, na medida em que muitos ministérios, inclusive o da Educação (MEC), tiveram seus orçamentos incrementados neste ano. É preciso, portanto, que o MEC reorganize internamente seu orçamento, contemplando as universidades.”
 
O reitor considera que, embora haja compreensão por parte do Governo em relação à importância das universidades, é preciso que isso se traduza urgentemente em investimento. A suplementação orçamentária de 2023 representou um indicativo de recomposição orçamentária para as instituições federais de eduação superior (IFEs) – tendência frustrada, porém, pelo corte de 2024.
 
 “As universidades são a grande aposta de nossa sociedade em um futuro de conhecimento e liberdade, e por isso elas precisam ser protegidas, e não abandonadas”, afirma Miguez.

0 Comentário

Preso

🚨Deputado Capitão Assumção (PL) é preso pela PF: “Dentro da igreja”.
Capitão Assumção foi preso por não obedecer ordens definidas pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.
0 Comentário

Oia a Bosta!

PERIGO – Pelo menos um #policial civil ficou ferido, na manhã desta quarta-feira (28), após uma #caixa com frascos de lança-perfume #explodir enquanto era transportada dentro do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (#Denarc), no bairro São Cristóvão, na região Noroeste de Belo Horizonte.
0 Comentário