ONG DOM SAÚDE realiza mudanças no Hospital Municipal de Urgências!

  • Categoria do post:SAÚDE
  • Comentários do post:0 Comentário
sabe-se como evitar a propagação do coronavírus, assim como, concebe-se que o vírus é facilmente inativado e que existem quase 200 artigos científicos para consulta, além de mais de 8 projetos sobre o novo vírus, assim como, mais de 80 ensaios clínicos com antivirais em desenvolvimento. Isso tudo para explicar que, através dessa situação pandêmica, existe um grande trabalho científico e esforço de toda a comunidade médica.

E, com todo esse pano de fundo, ou seja, em meio à turbulência da pandemia do Covid-19 e suas variantes, surgiu nestes últimos três meses, o H3N2 juntamente com a dengue e, ainda, através de um grande movimento de pacientes, a Dom Saúde vem realizando diversas mudanças para atender as necessidades do usuário.

A Dom Saúde, uma organização sem fins lucrativos que atua na gestão de serviços de saúde e administração hospitalar, nestes últimos 3 meses vem prestando serviço ao HMU – Hospital Municipal de Urgências, onde vem atendendo seus pacientes através da reformulação de todo o seu parque tecnológico e toda a infraestrutura do hospital.
A manutenção hospitalar é de suma importância e tem como objetivo principal garantir que os ativos desempenhem suas funções em sua capacidade máxima, sempre tendo como foco, a segurança do paciente. Para tanto, a Dom Saúde investiu forte neste quesito, reformulando toda a infraestrutura, como pintura, troca da iluminação, troca do gradil de proteção a evasão de pacientes, gerando segurança para os médicos e funcionários. Com relação a materiais e suprimentos médicos, tem sido abastecido com estoque para aguentar e suportar mais de três meses. Também, a troca de todos os vidros quebrados em toda a unidade hospitalar. E, colocação de longarinas de aeroporto ao invés de bancos rasgados em toda a recepção, com a finalidade de diminuir a taxa de infecções e o controle de CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) são apenas alguns deles.

Deixe um comentário