Ex-PM acusado de envenenar sogra e esposa com gelatina

Uma policial federal e sua mãe foram envenenadas ao comerem uma gelatina feita pelo esposo da agente na noite da segunda-feira (4) em Osasco (SP). O homem é o principal suspeito do crime.
Mãe e filha deram entrada ao hospital após consumirem a gelatina. Elas foram levadas pelo marido da agente, que teria apresentado sinais de nervosismo no hospital, segundo registro policial obtido pela Record TV.
Ele chegou a indicar um “antídoto” aos médicos e afirmou que havia pesquisado na internet. Após o comportamento suspeito, o homem foi levado à delegacia para prestar depoimento.
O homem, que seria um ex-policial militar, mudou de versão. Em um primeiro momento, segundo a reportagem da RecordTV, ele confessou ter preparado a sobremesa; depois, disse que não cozinhou nada.
Polícia Civil investiga o caso como tentativa de duplo feminicídio, diz a SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo, e tem o marido da policial como principal suspeito. “As vítimas permanecem hospitalizadas no hospital Cruzeiro do Sul”, complementa a nota.

Deixe um comentário