Presa em penitenciária faz ONLY FÃS e fatura mostrando o anel de couro

Uma mulher que está presa na Penitenciária Feminina de Patos, na Paraíba, produziu de dentro da cela fotos e vídeos íntimos para vender o conteúdo em sites adultos. As imagens acabaram vazando e viralizaram nas redes sociais.
A presa foi identificada como Brenda Ferreira.
A direção da unidade prisional foi comunicada e imediatamente determinou uma revista na cela em que ela está detida. Segundo agentes penitenciários, no xadrez dela foram apreendidos um telefone celular, carregador e fone de ouvido.
Nas imagens, a prisioneira aparece fazendo poses sensuais no banheiro da cela. Em outra fotografia postada, Brenda está deitada na cama, de bruços, sorrindo e com parte da língua para fora da boca. A presidiária vestia apenas um biquíni vermelho.
A detenta repassava as imagens para produtores de sites que pagavam pelas fotos e vídeos. O material foi postado posteriormente em grupos de aplicativos. A diretora do presídio, Alessandra Malaquias, comunicou que Brenda terá que deixar a OnlyFans, serviço de conteúdo de entretenimento para adultos.
Brenda foi presa em 8 de fevereiro do ano passado em São José do Egito, Pernambuco, em uma ação conjunta de policiais pernambucanos e paraibanos. Ela foi acusada de ser mandante do assassinato de um homem.
Em nota divulgada, a Secretaria da Administração Penitenciária da Paraíba diz que a “Corregedoria da pasta já foi acionada e todas as providências cabíveis estão sendo tomadas para que haja a responsabilização dos envolvidos na medida de seus atos.”
A nota diz ainda que “tais fatos isolados não condizem com a realidade do atual sistema prisional paraibano, renovando o compromisso com a moralidade, segurança e fiel cumprimento das Leis”.

Deixe um comentário