Novo imposto de 27,5% expulsa UBER do Brasil

NOVO IMPOSTO DE 27,5% EXPULSA UBER DO BRASIL
Como já havia dito Luiz Marinho, Ministro do Trabalho do Lula:
“Se a Uber for embora do Brasil, o problema não é nosso”
Motoristas e entregadores terão que pagar 27,5% (!!) de INSS. E não para por aí.
Além dessa cobrança abusiva o governo está planejando uma série de novas exigências para que as empresas de entrega continuem a operar em solo brasileiro. O valor da hora trabalhada passaria a ser tabelado:
R$30 para motoristas e R$ 17 para entregadores de motocicletas.
Mas aí existe um enorme problema. Esses valores são impraticáveis em um país com a legislação trabalhista arcaica como a do Brasil. O resultado é que os aplicativos vão começar, um a um, a fechar suas operações.
São quase dois milhões de motoristas e entregadores que podem perder o emprego devido a sanha arrecadatória e vingança ideológica dos petistas.
Em menos de 30 dias:
1) Justiça condenou a UBER a pagar R$ 1 BILHÃO em multa e registrar todos os motoristas autônomos
2) STF aprovou a volta do imposto sindical obrigatório
3) 27,5% de imposto sobre motoristas e entregadores
O ‘pai dos pobres’ está cada vez mais perto de desempregar 2 milhões de trabalhadores que dependem dos aplicativos para sustentar suas famílias.
O amor venceu.

Deixe um comentário