ARTIGO: Invasão do Diário de Natal X Justiça Potiguar. Por MARCUS ARAGÃO

IMG_1988 ARTIGO: Invasão do Diário de Natal X Justiça Potiguar. Por MARCUS ARAGÃO

A invasão do diário de Natal e a queda da esquerda



Pelas recentes notícias, não é à toa que as manifestações da esquerda estão cada vez com menos adesão. Será que falta credibilidade? Será que parte da esquerda começou a não acreditar nas suas próprias narrativas? Vamos ver.

E foi vendo direitinho que se descobriu que os móveis do Palácio do Planalto não foram levados pelo Bolsonaro. Numa fala que deixou Pinocchio com inveja, nosso presidente tinha afirmado quando assumiu: “Não sei como é que fizeram, por que fizeram, não sei se eram coisas particulares do casal, mas levaram tudo. Então a gente está fazendo uma reparação, sabe, porque aquilo é um patrimônio público.”

Eis que, em 20 de março, foi publicado que os 261 bens, cujo suposto desaparecimento havia motivado a compra de móveis de luxo, foram encontrados.

Há poucos dias, saiu na mídia que empresas envolvidas na Lava Jato voltaram a ganhar licitações. A Andrade Gutierrez e a Odebrecht, hoje Novonor, construtoras envolvidas num dos maiores escândalos de corrupção do país, estão de volta às grandes obras de infraestrutura, desta vez na refinaria que foi pivô da Operação Lava Jato.

Essa história me fez lembrar de outra, a de Robin Hood — só que, pelo que estamos vendo, este rouba dos pobres para dar aos ricos. Vamos em frente.

Hoje, 24 de março, o Brasil fica sabendo que a Polícia Federal prendeu nesta manhã os suspeitos de serem os mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco — e adivinhem, Bolsonaro não tem ligação com o crime.

O Brasil tem assistido ao nosso presidente firmar alianças com países ditatoriais e antidemocráticos, políticos do PT serem autores do Projeto de Lei para descriminalizar o pequeno roubo e ainda se posicionarem contra a proibição do porte de drogas. Narrativas estapafúrdias têm surgido numa verdadeira sucessão de histórias mal contadas, onde se espera que essa situação esteja também com os dias contados.

— Pode-se enganar todas as pessoas por algum tempo e algumas pessoas durante todo o tempo. Mas não se pode enganar todo mundo por todo o tempo. – Abraham Lincoln.

As manifestações da esquerda vazias mostram que o brasileiro está ficando cada vez mais vermelho, mas é de raiva.

Marcus Aragão
@aragao01

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima