Comportamento

Ex-marido de Ana Hickmann revela que faz 1 ano que não da uma burrachada, VEJA VÍDEO

img_1828-1 Ex-marido de Ana Hickmann revela que faz 1 ano que não da uma burrachada, VEJA VÍDEO
Alexandre Correa, ex-marido de Ana Hickmannapareceu nas redes sociais, nesta quarta-feira (20), fazendo um desabafo diferente. Os seguidores foram surpreendidos com o empresário fazendo revelações sobre a sua vida sexual.

No relato compartilhado em seu perfil no Instagram, Alexandre relembrou as greves de sexos que Ana Hickmann fazia com ele e que desde então não se relaciona sexualmente com ninguém. “Hoje, desde a greve de sexo imposta pela Ana Hickmann, no exercício de fevereiro de 2023, eu completo hoje 390 dias de abstinência sexual’, contou.
Na sequência, o ex-marido da apresentadora revelou que assiste vídeos pornô. “Acredito já ter visto todos os filmes do RedTube [site de conteúdo pornográfico] e dos canais privados. Já não aguento mais me trancar no chuveiro e a minha criatividade realmente se acabou’, completou ele.



Contudo, o empresário aproveitou para pedir dicas aos seguidores para buscar novos mecanismos para “satisfazer seus desejos carnais”. “Alguém tem alguma sugestão do que eu posso fazer para continuar vencendo essa abstinência? Porque está duro. Se alguém tem sugestão de rezas, mantras, tipos de exercícios físicos que a gente possa fazer para vencer esse período de abstinência’”, disparou Alexandre.Repercussão
Internautas aproveitaram pra tirar sarro com o desabafo dele. “Aproveita que está precisando de grana pra virar o velho de programa”, disparou uma seguidora. “Ele não quer fazer greve de rede social também não?”, questionou outro seguidor.
Ao invés de dicas, fãs também detonaram o empresário. “Nossa coitada da Ana deve sentir uma vergonha”, afirmou uma fã. “Como ela [Ana Hickmann] aguentou esse cara por tanto tempo?”, questionou outra seguidora.

Ex de Ana Hickmann faz apelo após um ano sem sexo

FALSA ACUSAÇÃO, o que fazer e o que NÃO fazer diante de uma acusação

img_1749-1 FALSA ACUSAÇÃO, o que fazer e o que NÃO fazer diante de uma acusação

Independentemente do motivo pelo qual você foi acusado, existem etapas específicas que você deve seguir para responder às alegações, bem como coisas que você nunca deve fazer. Vejamos algumas.
JAMAIS ignore as acusações simplesmente porque são falsas:
Embora possa ser tentador simplesmente ignorar as acusações e esperar que elas desapareçam por que você sabe que é inocente, esse nunca é a melhor ação. Acusações sexuais podem ter consequências graves e duradouras. É importante agir proativamente assim que souber das acusações para se proteger.
Contrate um advogado criminalista imediatamente:
Assim que você souber que alguém o acusou de um crime relacionado ao sexo, entre em contato com um advogado criminal especializado de sua confiança. Assim como você consultaria um especialista para um problema de saúde específico, você deve procurar um especialista na área jurídica que precisa, jamais um “curioso”.
Você também deve escolher um advogado de sua confiança que revise minuciosamente o caso e não prometa um final “rápido e fácil”, pois geralmente não é. Fale com o advogado honestamente sobre o que aconteceu antes de falar com QUALQUER outra pessoa, incluindo a polícia.
NÃO tente se defender:
É uma reação natural querer explicar sua versão dos eventos que podem ter levado à acusação. No entanto, é fundamental que você não ligue para a acusadora e tente “chegar ao fundo” da acusação ou dar desculpas pelo que aconteceu. A partir do momento em que for acusado, tudo o que disser poderá ser usado contra você. Isso inclui conversas com amigos, postagens nas mídias sociais e qualquer discussão que você tenha com a acusadora. Fale apenas através de seu advogado e evite qualquer contato com a pessoa que o acusou até que o assunto seja resolvido.
Anote suas próprias lembranças dos eventos:
Assim que souber que foi acusado, anote o que você se lembra sobre o incidente. Observe a roupa que você estava vestindo, a iluminação da área, o quanto vocês dois estavam bebendo, se drogas estavam envolvidas e outros detalhes que você pode lembrar. Se a roupa que você estava vestindo não foi lavada, isso pode ser uma prova sua em muitos casos.
Faça uma lista de testemunhas que podem corroborar sua versão dos eventos, mas apenas entregue a lista ao seu advogado, não à polícia.
NÃO DEIXE SUAS EMOÇÕES TIRAREM O MELHOR DE VOCÊ:
Quando você for falsamente acusado de agressão sexual , você ficará com raiva e com razão, mas é fundamental que você mantenha suas emoções sob controle. Você precisa observar tudo o que diz e faz em público, porque qualquer explosão poderá ser usada contra você.
Evite a acusadora, bem como qualquer um de seus amigos, familiares ou colegas de trabalho o máximo que puder para evitar um confronto. Se for impossível para você ficar completamente longe deles, faça o possível para evitá-los em espaços fechados. Não fale com eles e mantenha uma distância significativa entre vocês.
Informe o seu advogado sobre as provas de apoio:
Hoje, câmeras de vídeo estão localizadas em quase todos os lugares. Se você souber que existe um sistema de vídeo na área onde a suposta agressão aconteceu, não deixe de avisar ao seu advogado. Isso geralmente é valioso, pois pode confirmar sua versão dos eventos. Se houver fotos tiradas na noite em questão que possam refutar as alegações, certifique-se de fornecê-las ao seu defensor.
Lembre-se de que todas as provas que você tem ou tem conhecimento precisam ser entregues apenas ao seu advogado e não mostradas a amigos, familiares ou entregues à polícia. Seu advogado se encarregará de levar as informações à polícia assim que determinarem sua veracidade.

Casal de influenciadores defende treinar nu e diz que sentiu melhora na autoestima

img_1639-1 Casal de influenciadores defende treinar nu e diz que sentiu melhora na autoestima

O casal Bella Mantovani e Vagner, O Fera, que produz vídeos para plataformas de conteúdo adulto, mostrou sua rotina de treinos de um jeito inusitado: eles treinam totalmente nus, apenas de tênis.
Os influenciadores afirmam que começaram a se dedicar à rotina de treinos e alimentação saudável após sofrerem “pressão estética nas redes sociais”. Eles afirmam já ter perdido juntos 25 kg, sendo 16 de Vagner e nove de Bella.
“Percebemos o desconforto por não termos um corpo padrão”, desabafou Bella Mantovani. Os dois contam ainda que treinar juntos fortaleceu o relacionamento. “Fazer exercícios juntos ajudou nosso corpo, melhorou nossa mente e nos fez um casal mais feliz e disposto.”
Frequentadores de surubas e festas liberais, os dois revelam que se sentiram excluídos por ter corpos fora do padrão. “A sociedade nos coloca em lugares que não queremos estar. Percebemos um desconforto das pessoas em nos fazer convites para locais onde só teriam corpos-padrão”, desabafam.
“Esse foi o pontapé inicial para começarmos a mudar”, afirma Bella. “Recebemos uma pressão desnecessária, mas já deixamos esclarecido que a nossa saúde vem em primeiro lugar”, diz Bella.
No entanto, eles afirmam que a mudança de vida não teve como objetivo aumentar as vendas de conteúdo adulto. “Acreditamos que há público para todos os tipos de pessoas e conteúdos. A nossa mudança não foi por causa disso, teve mais a ver com a autoestima”, diz Bella. “Sou preguiçosa”, confessa. “Mas estamos indo bem.”
Já Vagner elogia a parceria com a companheira. “Jamais imaginaríamos que fôssemos conseguir. Nós mesmos nos incentivamos todos os dias”, conta.

Flertar pelo Instagram é ou não é traição ?

img_1453-1-1024x683 Flertar pelo Instagram é ou não é traição ?

Afinal, flertar por Instagram é ou não é traição?
De fato, é muito difícil dizer o que pode ou não ser considerado como traição. Cada casal pode decidir em conjunto quais os limites da traição, ou seja, o que cada um acredita que o outro poderia fazer com terceiros sem que o relacionamento seja abalado. Algumas pessoas se sentem traídas até mesmo quando o parceiro dá likes em fotos de terceiros, pois elas acreditam que isso é uma forma de flerte e, portanto, uma forma de traição. 

Contudo, para outras pessoas tudo é determinado pela intenção da outra pessoa. Assim, o flerte pode ser considerado traição se o parceiro usa o instagram para conversar com outras pessoas, de forma a esconder que já está em um relacionamento privacy. Apesar disso, é muito fácil criar uma briga motivada por uma desconfiança quando o parceiro conversa com outra pessoa através das redes sociais. Para evitar discussões desnecessárias, busque conversar honestamente sobre o assunto e caso você tenha acesso a essas conversas, verifique se realmente o teor delas é de flerte.
Como lidar com esse problema
A verdade é que nem sempre os casais estão dispostos a tentar superar uma traição, muitas vezes é mais fácil apenas terminar relação e seguir em frente. É bem comum pessoas que foram traídas procurarem por relacionamentos menos caóticos e mais leves, como relacionamentos com um sugar daddy. Esse é apenas um dos diversos tipos de relações existentes em que as chances de ser traído são bem menores.

Caso você deseje manter o relacionamento mesmo depois de descobrir que foi traído, o ideal é deixar claro para a outra pessoa o que você considera como uma questão de infidelidade. Você pode se sentir desconfortável caso o outro curta fotos de pessoas específicas ou que mantenha conversas sensuais com elas. O importante é explicar que você não está tentando proibir seu parceiro de fazer algo, mas sim explicando ações dele que te machucam. Desse modo, o casal poderá criar uma relação de maior união, já que ambos estarão cientes sobre o que devem evitar fazer para que o outro não se sinta magoado.

Até que o dinheiro nos separe, amém!

photo-output-1-1-1024x586 Até que o dinheiro nos separe, amém!

Descubra agora o que é
Um relacionamento amoroso, para funcionar bem, precisa ser baseado em muita confiança, respeito e honestidade em todos os pilares e na convivência do casal.
Dentre os diversos tipos de infidelidade, hoje em dia, o que mais tem se ouvido falar é sobre a infidelidade financeira, que acontece quando um dos envolvidos do relacionamento mente sobre o quanto ele recebe de salário ou, até mesmo, criar formas de esconder dinheiro do seu parceiro em alguns cômodos da casa ou em instituições financeiras.
Quem nunca viu um casal brigando por dinheiro, não é mesmo? E é justamente nesse tipo de relacionamento, que a infidelidade financeira costuma estar muito presente.
No entanto, vários são os motivos que podem levar uma pessoa a ser infiel financeiramente, seja por ganância, pelo parceiro ser muito abusivo financeiramente e gastar muito, por não gostar de dividir o seu dinheiro ou, até mesmo, pelo simples prazer de guardar dinheiro sem que o outro saiba.
Entretanto, esse é um tipo de situação que pode gerar muitas discussões, brigas e situações desconfortantes para o relacionamento. Desde que, em uma relação, o ideal é que você seja o mais verdadeiro possível. Principalmente, se você tem um relacionamento como ashley madison.
A infidelidade financeira costuma começar com atitudes básicas e sutis, como esconder uma simples compra, omitir o valor de uma roupa, dizer que não têm pequenos valores de dinheiro sendo que tem, entre outros. Podendo evoluir, gradativamente, para omitir sobre o valor do salário e muito mais.
No entanto, apesar da infidelidade extraconjugal ser considerada crime, de acordo com o Código Civil, não existe nada em relação à infidelidade financeira no Código Penal e no Código Civil.
Apesar disso, é muito importante ter atenção e cuidado com as regras do casamento porque, de acordo com o artigo 1.688, do Código Civil, cada cônjuge deve participar das suas despesas conforme os rendimentos de cada um.

Salve seu casamento mesmo após uma traição

img_1309-1 Salve seu casamento mesmo após uma traição

Uma traição é capaz de destruir totalmente um casamento. Todavia se existe o interesse de perdoar e seguir em frente com aquela pessoa ainda, é possível reconstruir essa relação e recomeçar.
Muitas vezes as pessoas que foram traídas nem esperam que algo esteja acontecendo, pois em diversos casos o relacionamento está sendo bom e feliz para ambos, porém algumas pessoas não ficam satisfeitas nunca e traem os seus cônjuges por inúmeras razões, até mesmo por dinheiro com algum velho da lancha .
É importante então que ao descobrir a traição a pessoa traída tire um tempo para si, para refletir sobre toda a situação e descobrir se ela está realmente disposta a continuar naquela relação com o traidor, caso ela decida que sim é necessário saber que as coisas para mudar vão requerer muito tempo e paciência.
Busquem a raiz da traição
Sente com a pessoa e tente entender o motivo pelo qual você ou ela foram infiéis, o que levou a essa ação, se existe algo dentro do relacionamento que necessita de mudança, se vocês tem queixas sobre algo é o momento perfeito para desabafar e tentar resolver da melhor forma. Tudo isso é importante para que vocês possam melhorar nos pontos fracos da relação e para que a situação não volte a acontecer futuramente.
Assumam os erros
Após uma conversa franca sobre o motivo da traição e os problemas que possam existir, reconheçam seus erros e assumam suas responsabilidades sobre eles, não tente jogar a culpa das suas ações em cima do seu cônjuge nem permita que ele faça o mesmo.
Peçam desculpas uns aos outros
Após uma traição e toda essa conversa, caso ainda exista o interesse de seguir em frente, faça um pedido de desculpas sincero e puro, prometendo mudanças e melhoras nas suas atitudes. Caso o seu parceiro aceite o pedido de desculpas e queira continuar o casamento é importante que vocês o apoie bastante e deixe que o tempo resolva o resto.

Jornalista é a primeira pessoa registrada intersexual no Brasil

img_1239-1-1024x783 Jornalista é a primeira pessoa registrada intersexual no Brasil
A jornalista e fotógrafa Céu Ramos de Albuquerque conseguiu o direito de retificar o nome e o sexo na certidão de nascimento.
Pernambucana é 1ª pessoa do país a conseguir na Justiça termo ‘intersexo’ em documento: ‘marco histórico’
g1 acompanhou com exclusividade em Olinda a retirada da nova certidão de nascimento de Céu Ramos de Albuquerque, que também teve o nome retificado. Associação afirma que é o primeiro caso do tipo que vem a público em todo o Brasil, e um dos primeiros do mundo.


Pernambucana consegue na Justiça uso do termo ‘intersexo’ em documento: ‘marco histórico’ 
Após quase três anos de espera, incluindo o período de um processo judicial, a jornalista e fotógrafa Céu Ramos de Albuquerque conseguiu o direito de retificar o nome e o sexo na certidão de nascimento. Ela é a primeira pessoa intersexo de que se tem notícia em todo o Brasil a fazer a alteração com esse termo no registro civil, segundo a Associação Brasileira Intersexo (Abrai).
Segundo a Abrai, as pessoas intersexo são aquelas que têm características sexuais que, desde o nascimento, não se enquadram nas normas médicas e sociais para corpos femininos ou masculinos. Essas características podem estar relacionadas a cromossomos, órgãos genitais.
g1 acompanhou o momento em que a recifense de 32 anos — que já fez oito cirurgiaspara corrigir uma mutilação sofrida na infância(saiba mais abaixo) — foi buscar o documento, na quinta-feira (7), no Cartório de Registro Civil de Olinda, onde mora hoje e foi registrada quando nasceu (veja vídeo acima).
“Estou muito feliz, mesmo. É algo que eu queria há muito tempo: a mudança do nome para Céu, que já uso há mais de dez anos. Então, ser reconhecida oficialmente como Céu está sendo a coisa mais incrível de toda a minha vida. E também ter essa mudança para ‘intersexo’ e ser esse marco histórico”, declarou a jornalista.

Céu mostra sua certidão de nascimento retificada com o termo ‘intersexo’ em cartório de Olinda — Foto: Arquivo pessoal/Céu Ramos de Albuquerque 
A decisão que autorizou a mudança foi publicada pela 2ª Vara de Família e Registro Civil da Comarca da cidade no dia 8 de fevereiro, quase três anos depois que ela entrou na Justiça. A ação foi ajuizada com apoio da Defensoria Pública do Estado de Pernambuco, através do Núcleo de Direitos Humanos da instituição.
O caso Jacob e o direito à cidadania de pessoas intersexo
Para a ativista, que divulga avanços da causa em seu Instagram, a próxima conquista da comunidade é garantir que os bebês nascidos com genitálias que não se encaixam nas definições típicas de masculino e feminino sejam registrados como intersexos. Atualmente, esses recém-nascidos são classificados como se tivessem o sexo “ignorado”.
“Quando nasci, passei seis meses sem registro, simplesmente porque os médicos estavam esperando sair um exame cariótipo (teste que identifica os cromossomos de uma pessoa) para saber em qual gênero iriam me encaixar. Isso foi muito violento porque passei seis meses sem assistência médica, passei por diversas coisas porque, para o governo brasileiro, era uma pessoa inexistente”, contou Céu.

Certidão de nascimento retificada de Céu com o termo ‘intersexo’
Segundo ela, embora a criação do campo “ignorado” tenha contribuído para evitar esse problema, ele não representa as pessoas intersexos nem combate outras práticas de violência.
“Por isso que, a partir de agora, vamos tentar mudar essa categoria de ‘ignorado’ para ‘intersexo’ e dar dignidade e reconhecimento para essas crianças e adultos, resguardando esses corpos de serem mutilados e hormonizados de forma estética”, afirmou a fotógrafa

Oito cirurgias para corrigir mutilação

Nascida no Recife, Céu descobriu que é intersexo há quatro anos. Logo nos primeiros anos de vida, ela foi submetida a uma cirurgia de “adequação” do seu sexo biológico, como se o fato de ter um órgão genital com características ambíguas fosse uma anomalia ou doença.
Para reparar os transtornos provocados pela mutilação, a fotógrafa fez oito procedimentos desde os 15 anos. O último deles foi realizado no ano passado, em São Paulo.
“Diariamente, a gente tem crianças sendo cirurgiadas apenas, muitas vezes, por ter um genital ambíguo ou por ter algum órgão reprodutor dentro e por fora ser outro, aí dão prevalência a um e retiram o outro. (…) Hoje os bebês não têm o direito de crescerem com seus corpos sendo livres e tendo sua independência para escolher o gênero que desejarem, independente do seu órgão. A sociedade é muito presa a gênero ser associado a órgão genital”, disse a ativista.
É daí que vem, na visão dela, a importância de diferenciar os conceitos de gênero e sexo.
“Fiz essa mudança para o ativismo e para as políticas públicas. Isso não interfere diretamente na minha expressão de gênero ou no meu próprio gênero feminino. Até porque é só uma certidão de nascimento, mas é algo que vai trazer um empoderamento e muita força para a própria pauta”, afirmou Céu
Sexo e gênero como construções sociais

Para Leandro Cunha, professor de direito especialista em direitos LGBTQIA+ da Universidade Federal da Bahia (UFBA), a repercussão da vitória jurídica de Céu e a discussão sobre as pessoas intersexos devem contribuir para evitar que mais crianças passem por cirurgias que buscam “adequar” o sexo biológico para os parâmetros construídos socialmente.
“O mais assustador de tudo é pensar que não existe na lei expressamente a obrigação de colocar no documento homem ou mulher, masculino ou feminino. Ela só fala que você tem que ter a indicação do sexo. Ponto. Foi uma construção social que foi reafirmada, reapresentada durante anos como sendo o normal, tradicional, o padrão. (…) Não tenho por que me restringir a colocar naquele campo uma informação binária de homem e mulher ou masculino e feminino, sendo que não é isso que a ciência mostra”, disse o especialista.
Ainda de acordo com o pesquisador, a categorização do sexo no registro civil traz sérias implicações, em especial no campo da saúde, visto que alguns serviços são restritos a determinados grupos com base no gênero e nas características físicas dos pacientes.
“Uma pessoa que tinha nos seus documentos a indicação do sexo como masculino, por exemplo, não conseguiria marcar um exame com um ginecologista. Só que uma pessoa intersexo eventualmente pode apresentar essa necessidade. Então, são para nós pequenas coisas, mas, para quem vivencia essa realidade, são alterações extremamente importantes”, falou o professor Leandro Cunha.
“Quando se fala na população intersexo, a gente está falando de uma população muito grande e ao mesmo tempo muito desconhecida. Se tem uma estimativa sobre a população intersexo que varia entre 0,5% a 1,7% da população mundial, que seria mais de 3,5 milhões de pessoas só no Brasil (levando em conta a maior estimativa)”.
A fala é de Walter Mastelaro, advogado e um dos fundadores da Associação Brasileira Intersexo, membro da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional São Paulo (OAB-SP).
Ele explica que a conquista judicial de Céu é o primeiro caso de que a Abrai tem conhecimento do uso do termo “intersexo” num documento no Brasil. No entanto, casos de retificação correm em segredo de justiça no Brasil, por isso é possível haver outros casos que nunca vieram a público.
Leandro Cunha, que acompanha casos como o de Céu há cerca de uma década, acredita no ineditismo por ser uma pauta que até pouco tempo atrás não era discutida. Ele usa uma boa comparação para ilustrar a importância da visibilidade intersexo em suas aulas na UFBA:
“Quando eu falo isso para os meus alunos de graduação, é sempre um parâmetro que eu acho sensacional. Se você já viu uma pessoa ruiva na rua, você já viu uma pessoa intersexo. Porque a quantidade de pessoas ruivas no mundo é também 1,7%”, contou o professor.
Leandro também explica que pouquíssimos países têm legislação que abarca o termo “intersexo”, o que dá ainda mais dimensão ao marco conseguido por Céu.
“Se a gente conseguir fazer com que essa informação chegue ao público em geral, já é um ótimo começo. Eu acho que uma boa parte da pauta das discussões LGBT como um todo hoje no Brasil passa muito pela incompreensão do que a gente está discutindo. Há o desconhecimento das pessoas. A ignorância das pessoas com relação a esses temas acaba gerando uma série de reflexos extremamente delicados”, afirmou o especialista.
Há anos, a Abrai luta pela viabilização de um Projeto de Lei que garanta a todas as pessoas intersexo o direito de adotar o termo em seus registros, desde o nascimento, sem que seja necessário entrar na justiça com o pedido.

Geração Z sofre de epidemia de cegueira por falta de sol e excesso de smartphone

img_1051-1 Geração Z sofre de epidemia de cegueira por falta de sol e excesso de smartphone
A Geração Z está ficando cada vez mais míope por ficar olhando para seus dispositivos eletrônicos o dia todo e enfrentará uma epidemia de cegueira se continuarem a ficar em casa enquanto são viciados em telefone, alerta um importante cirurgião oftalmologista em um novo estudo.
As taxas de miopia dispararam em todo o mundo, com um aumento de 46% no Reino Unido nas últimas três décadas, de acordo com o Daily Mail. Nos EUA, um estudo da Califórnia diz que a miopia aumentou uns impressionantes 59% entre os adolescentes. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), durante o período de 2020 e 2040, o número de brasileiros com alta miopia deve aumentar 84,8%, de 6,6 milhões para 12,2 milhões.
E os Zoomers enfrentam riscos crescentes de desenvolver sérios problemas de visão – até mesmo levando à cegueira – depois de perderem a luz solar natural durante a puberdade, relata o veículo.
Joern Jorgensen, cirurgião oftalmologista de renome mundial da Laser Eye Clinic London, alertou que a situação só vai piorar porque a Geração Z – pessoas nascidas entre meados da década de 1990 e meados da década de 2010 – não está recebendo dopamina suficiente.
Na retina, altos níveis de dopamina ajustam a visão para as condições de luz do dia. O tempo passado ao sol aumenta os níveis de dopamina, enquanto ficar em casa reduz a quantidade deste importante neurotransmissor – levando a sérios problemas oculares.
Enquanto isso, a quantidade de tempo gasto olhando para dispositivos eletrônicos a poucos centímetros de distância do rosto pode levar à miopia.
Inscreva-se nas nossas newsletters e receba as principais notícias do dia em seu e-mail
“Durante um período crítico das suas vidas, eles não recebem luz solar natural e isso, por sua vez, está a causar um aumento muito notável da miopia. É alarmante e o que estamos a ver é uma epidemia”, disse Jorgensen ao Daily Mail.
“Sair à luz do dia para jogar futebol, esportes de qualquer tipo ou apenas para brincar com os amigos provoca um processo químico que libera dopamina”, disse ele.
“Sabemos que é um inibidor do tipo de crescimento ocular que causa miopia. A parte horizontal do olho alonga-se e continua a crescer, dificultando a focagem”, explicou Jorgensen.
“Podemos encorajar as crianças a sair de casa e praticar mais desporto, mas não podemos reverter o que já aconteceu com as redes sociais a desempenhar um papel tão importante nas suas vidas”, continuou ele. “O segundo fator prejudicial é a quantidade de trabalho próximo que os jovens realizam, o que também é prejudicial.”
O especialista alertou que a miopia pode levar à cegueira em casos graves. A pandemia da COVID-19 manteve as crianças presas em casa e focadas nos ecrãs, o que acelerou ainda mais a tendência global de deterioração da visão, de acordo com um artigo de 2022 na Psychology Today .
Estudos na Califórnia e em Sydney, na Austrália, descobriram que o tempo passado ao ar livre estava fortemente ligado a um menor risco de miopia, de acordo com o veículo.
Os jovens provavelmente desenvolvem miopia mais cedo devido ao aumento do tempo de tela e à falta de exposição à luz solar – e não apenas por causa da genética.
“Estamos falando de [crianças] de 4 ou 5 anos de idade”, disse a Dra. Maria Liu, professora associada de optometria clínica da Universidade da Califórnia, Berkeley, à NPR .
Até 2030, 40% da população global será míope, segundo a Organização Mundial da Saúde.
Segurar uma tela perto do rosto significa que os olhos piscam menos e compensam demais ao focar por horas – levando a um alongamento gradual do globo ocular e alterações nas lentes.
Casos graves de miopia entre jovens também aumentam a probabilidade de desenvolverem degeneração macular – uma das principais causas de cegueira – em 41%, informou o Daily Mail, citando estudos.

“Tratar a DMRI (degeneração macular relacionada à idade) é um dos maiores custos que o NHS enfrenta, é um grande desperdício de recursos”, disse Jorgensen, referindo-se ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido.
“Uma única injeção de Lucentis, que é usado para tratar a DMRI, custa £ 1.000 e o paciente precisa tomá-la todos os meses ou corre o risco de cegueira”, disse ele.
“A miopia grave também aumenta dramaticamente as chances de desenvolver outras doenças graves, como glaucoma e descolamento de retina”, disse o médico.
“É uma situação muito grave, estamos vendo casos de alta miopia 30 vezes mais frequentemente e isso desencadeia os quatro fatores causadores de doenças oculares, catarata, glaucoma, descolamento de retina e DMRI”, acrescentou.
Dr. Irfan Jeeva, do Hospital Pinderfields em Wakefield, West Yorkshire, disse que mais jovens precisam de óculos devido à sua exposição a dispositivos digitais.
“Ainda estamos aprendendo sobre isso, mas há dados suficientes para eu acreditar que o aumento da exposição à tela pode afetar sua saúde visual, mental, física e emocional”, disse Jeeva à BBC Look North.
“As telas são bastante viciantes. Eles têm um mecanismo interno de recompensa que faz você querer passar mais tempo com eles”, disse ele.
A Coalizão Global de Conscientização sobre a Miopia descobriu que 52% das crianças brincam menos ao ar livre do que seus pais quando eram jovens.
No ano passado, o Myopia Focus lançou uma petição pedindo mais financiamento do NHS para tratar a miopia entre as crianças.
“Devido às mudanças no estilo de vida, um número crescente de pessoas corre um risco maior de desenvolver doenças que ameaçam a visão associadas à miopia. Isto não deve mais ser considerado uma ameaça potencial – é muito real”, disse Jason Higginbotham, optometrista que iniciou a campanha, ao Daily Mail.
“Queremos pressionar os ministros para que façam algo a respeito agora. Quanto mais cedo a terapia começar, menor será a probabilidade de seu filho correr o risco de perda de visão no futuro. Precisamos que o governo aja”, disse ele.
Liu, professor associado de optometria clínica na UC-Berkeley, incentivou os pais a limitar o tempo de tela e fazer com que seus filhos brinquem ao ar livre tanto quanto possível.
“Eles precisam brincar com brinquedos de verdade”, disse Liu à NPR. “Eles precisam se envolver na vida real ao ar livre.”

Utilidade pública: como o chifre foi descoberto

photo-output-1-4-1024x583 Utilidade pública: como o chifre foi descoberto
🚨Atenção galera da corrida! O chifre foi descoberto através de aplicativo de corrida.Segundo Léo Dias, Renata Heilborn descobriu que estava sendo traída através de um aplicativo de corridas.
No dia da descoberta, Marcelo avisou a mulher que iria visitar o pai, que estaria doente e por isso não era uma boa ideia ela ir junto. Ela concordou e ficou na casa do casal. No entanto, Courrege, na verdade, estava indo visitar Carol Barcellos. O homem tinha costume de compartilhar a localização de suas viagens com a então esposa. No entanto, ele esqueceu de desativar essa opção no fatídico dia. De repente, Renata recebeu a notificação da viagem do então marido, mas um detalhe chamou atenção dela: o endereço de destino não era o do pai de Courrege.A jornalista estranhou, esperou um tempo e ligou pro marido perguntando como o pai dele estava, que disse que o patriarca ainda estava mal e ficaria ali para cuidar dele. Renata entendeu tudo e confrontou Courrege quando ele voltou pra casa. Sem conseguir negar, ele assumiu que estava com Carol e Renata acabou com o casamento no mesmo dia.

Notícia fuleragi

photo-output-2-1-1-1024x1024 Notícia fuleragi
Esposa de Caio Blat, Luisa Arraes troca beijos com cantor; veja foto
A atriz, que mantém um casamento aberto com o ator, foi flagrada com Chico Chico, filho de Cássia Eller durante um evento no Rio

Lamentável

photo-output-1-2-789x1024 Lamentável
O Ex-humorista Whinderson Nunes postou uma foto fumando um grande cigarro de Maconha, segundo ele para “relaxar”. O mais lamentável é que a maior parte dos seguidores de whinderson são crianças e adolescentes, qual mensagem ele quer passar pra eles? Hoje em dia quantas famílias sofrem com viciados na família. São essas pessoas que financiam o crime organizado, que fazem do tráfico de drogas a maior mazela do Brasil. Lamentável a atitude de Whinderson Nunes, começando a concordar com Luiza Sonza …

Homem sai para trair e encontra esposa com amante

img_9090-1024x768 Homem sai para trair e encontra esposa com amante
Na noite da festa de Sorriso Maroto em Tibau, praia do RN, um homem teve sua traição exposta de forma inusitada. De acordo com informações do portal Mossoró Ordinário, o episódio começou quando ele afirmou à esposa que passaria a noite na casa de um amigo, alegando uma maratona de videogame.
No entanto, a verdade veio à tona quando a esposa, desconfiada, viu os stories de uma pessoa presente na festa. Surpreendentemente, lá estava o marido curtindo a noite ao invés de cumprir sua promessa.
Diante da descoberta, a esposa resolveu agir e chamou um “amigo” para acompanhá-la à festa. A situação, no mínimo inusitada, ganhou destaque, mostrando que a traição nem sempre passa despercebida.

Ex-noivo de Flor de Liz diz que ela só pensa em maderada o dia todim e com quem aparecer, “da pá mim não”

photo-output-10-1024x682 Ex-noivo de Flor de Liz diz que ela só pensa em maderada o dia todim e com quem aparecer, “da pá mim não”
“Ela quer se casar na cadeia para ter visita íntima. Ao mesmo tempo que ela [Flordelis] que prisão domiciliar, quer se casar atrás das grades. Ela era viciada em sexo e em casa de swing”, só pensa em maderada, o dia todo e com quem aparecer, “da pá mim não” continuou em entrevista para a Isto é Gente.
Com quase 3 anos de relacionamento, Flordelis e Allan Soares estavam planejando um casamento dentro da prisão. Mas os planos foram interrompidos porque a ex-deputada federal e pastora terminou o noivado com o produtor gospel, nessa quarta-feira (17/1), após visita do agora ex à penitenciária.

Condenada a mais de 50 anos de prisão, acusada por mandar assassinar o marido, o também pastor Anderson do Carmo, Flordelis entrou, em junho do ano passado, com pedido para oficializar sua união com Allan. Os dois estavam juntos há quase 2 anos na época em que a solicitação foi feita. Eles se conheceram antes de a pastora evangélica ser presa, em 2021.
Ulisses destacou que na época quem que Flordelis estava casada com Anderson, a relação não era tão cheia de pudores como manda as leis da igreja: “Ela não levava uma vida cristã como ela pregava para os fiéis. Antes dela mandar matar o ex-marido, eles tinham um relacionamento aberto”.

Notícia Fuleragi

img_8583-1-1024x759 Notícia Fuleragi
Quem disse que sacanagem não pode andar de mãos dadas com ações de caridade? É com essa pegada que um bar paulistano voltado para o público LGBTQIA+ lançou um evento sugestivo: a “suruba beneficente” pretende ajudar com recursos financeiros uma entidade que atua na defesa dos animais de rua.
Além disso, o Bar Dédalos aproveitou para lançar, neste sábado (13/1), um espaço exclusivo para a prática de sexo oral. Batizado de mamódromo, o espaço não poderia fazer mais jus ao ato sexual. O local, foi minuciosamente planejado para ficar dentro de um labirinto, no segundo piso do bar gay, no centro da capital.
O local terá três poltronas para quem quiser “mamar” sentado. Assim, os frequentadores podem fazer um sexo oral sem precisar se agachar. O pequeno cômodo terá uma paredão com um vão de 80 centímetros de abertura, espaço para o “ativo” ficar sem roupa e evitar que outras pessoas vejam seu rosto. Três televisões com filmes adultos ficam do lado de quem está recebendo o sexo oral.
Veja imagens dos dias temáticos que existe no bar:
Suruba beneficente
O mamódromo será inaugurado durante a Suruba Beneficente, que começa às 16h. O primeiro evento terá parte da bilheteria revertida para o projeto Bichos do Gueto, um abrigo de animais na Vila Guilherme, zona norte paulistana. A entrada para a pegação desenfreada custa R$ 50. Já em dias normais, paga-se R$ 33.
O bar conta, ainda, com datas temáticas que mexem com o o fetiche de muitos homens. Há a segunda-feira dos policiais e bombeiros militares e a “Terça Black”, voltada para homens negros bem dotados. O estabelecimento ainda conta com a “Quarta dos Bundudos” e a “Sexta dos estudantes”.
img_8585-1-300x222 Notícia Fuleragi
No mamódromo, quem quiser fazer sexo oral terá uma poltrona confortável para sentar, em vez de ficar agachado durante o ato

5% dos homens britânicos só lavam a toalha de banho uma vez por ano

img_8273-300x169 5% dos homens britânicos só lavam a toalha de banho uma vez por ano
Todo mundo lava as toalhas de banho mais ou menos uma vez por semana, certo? Aparentemente, não. Embora a orientação dos especialistas seja trocar a roupa de banho semanalmente, ou a cada quatro usos, não é assim que muita gente está fazendo, em especial, os homens no Reino Unido.
Uma pesquisa realizada com 2.200 pessoas feita pela empresa britânica de artigos para banho e banheiro Showers to You revelou que milhões de famílias no Reino Unido podem estar em risco de infecções de pele e outros problemas de saúde devido à má higiene das toalhas.
De acordo com o levantamento, um em cada dez britânicos lava as toalhas apenas duas vezes por ano.
O número surpreendente é ainda pior quando apenas os homens são considerados: 5% dos homens admitiram lavá-las apenas uma vez por ano, em comparação com 1% das mulheres.
A pesquisa mostra que 67% dos britânicos lavam as toalhas devido ao seu aspecto visual, seguida pelo cheiro para 61% e pelo “número de utilizações” em 58% das casas.
O dermatologista Hamdan Hamed disse ao jornal britânico Daily Mail que “as toalhas acumulam umidade, criando um ambiente propício para o crescimento de bactérias e fungos. Bactérias como o Staphylococcus aureus podem causar infecções de pele, enquanto fungos como Candida podem causar problemas como pé de atleta ou infecções fúngicas. Recomenda-se lavar as toalhas a cada quatro utilizações para eliminar bactérias, sujeira, células mortas da pele e alérgenos”.

Deu Merda- Sheila Carvalho faz endemonização facial e fica a cara da Gretchen

img_8120-1-1024x568 Deu Merda- Sheila Carvalho faz endemonização facial e fica a cara da Gretchen
Irreconhecível? Rosto de Scheila Carvalho chama atenção em foto com Carla Perez: ‘Pensei que fosse a Gretchen’
Após registro do reencontro com a loira, aparência da morena virou alvo de internautas.

No último sábado (7), Scheila Carvalho esteve em um show de Anitta em Salvador, na Bahia, e repercutiu ao posar para fotos na companhia de Carla Perez. Amigas desde a época do É o Tchan, as dançarinas surgiram em fotos aproveitando o evento, mas foi o rosto da morena que acabou chamando a atenção de internautas.

Segundo matéria publicada pelo R7, a aparência de Scheila Carvalho gerou comentários na web, e a morena chegou a ser comparada com Gretchen e Gracyanne Barbosa. Muitos chegaram a dizer que a dançarina estaria irreconhecível e levantaram a hipótese de que a amiga de Carla Perez tenha exagerado em procedimentos estéticos.

img_8121-1-1024x557 Deu Merda- Sheila Carvalho faz endemonização facial e fica a cara da Gretchen
Resultado de endemonização facial e Sheila Carvalho e Gretchen

Anna Hickman joga bosta no ventilador

🚨VEJA: Ana Hickman denuncia ex-marido Alexandre Correa por falsidade documental, falsidade ideológica, uso de documentos falsos, lavagem de dinheiro, associação criminosa, estelionato e crime contra a economia popular.
A apresentadora disse que o pai de seu filho estaria comandando uma organização criminosa, que utilizou-se de seu nome para obter vantagens. A denúncia de Ana também aponta que Alexandre Correa seria o responsável por trás de uma pirâmide financeira.

Quem é o cantor?

photo-output-1-10-574x1024 Quem é o cantor?
Ninguém reconhece Gilberto Gil em estátua no quiosque na praia de Copacabana


Localizado entre os Postos 2 e 3, quase em frente ao hotel Copacabana Palace, o quiosque Areia MPB inaugurou na quinta-feira que passou uma estátua do mestre Gilberto Gil, toda feita em fibra de vidro, encomendada ao artista paraense Francisco Costa, o Pará. A homenagem foi autorizada por Gil, é claro, porém ninguém reconhece no primeiro momento o cantor Baiano. Agora já pensam numa forma de deixar essa informação mais nítida aos turistas.

Windows confessa que o casamento acabou pq a madera naum invernizarra

img_7022-1-1024x575 Windows confessa que o casamento acabou pq a madera naum invernizarra
🚨WINDOWS XP 95: Whindersson Nunes fala o motivo do término do casamento com Luísa Sonza:
“Voltei com a síndrome de que não merecia o que tinha, que a vida não fazia sentido. Usava droga. Eu estava meio perdido. Não tinha mais aquela vontade. A gente dormia junto, tinha tudo que um casal fazia, menos o amor do casa, a madera naum invernizarra.

Em busca do amor com 37 anos de diferença

img_6628-1-1024x538 Em busca do amor com 37 anos de diferença
Casal com diferença de idade de 37 anos desafia as normas para viver o amor em seus próprios termos
O relacionemento entre Julia Zelg, de 29 anos, e Eileen de Freest, de 66 anos, teve início em 2019, quando elas se encontraram no Tinder. Para viverem esse amor, elas precisaram enfrentar muito preconceito.

Minha avó

O amor transcende barreiras? a relação de Julia Zelg e Eileen de Freest, cuja diferença de 37 anos em suas idades não é mais que mero detalhe. Frequentemente lidas equivocadamente como mãe e filha, elas desafiam os estigmas ao compartilhar detalhes sobre sua vida como casal.

O relacionemento entre Julia Zelg, de 29 anos, e Eileen de Freest, de 66 anos, teve início em 2019, quando elas se encontraram no Tinder. Para viverem esse amor, elas precisaram enfrentar críticas muito cruéis e acusações infundadas.

Julia e Eileen, que agra vivem juntas em Londres, enfatizam que elas formam “uma equipe” imbatível. Durante a pandemia, o casal enfrentou desafios conjugais que levaram à decidisão de abrir o relacionamento para outras pessoas. No entanto, elas mantêm uma comunicação muito aberta e honesta sobre suas conexões adicionais.00 / 10:07

Segundo Julia, elas agora tem uma relação “eticamente não-monogâmica”, o que permite que ambas explorem conexões fora do casamento enquanto preservam o compromisso mútuo, conforme relatado pelo The Mirror. Essa escolha, de acordo com e,as , injetou “nova energia e leveza” ao relacionamento, mesmo que a priordade ainda seja o amor e o casamento.

Além da diferença de idade, Julia e Eileen ainda precisdam enfrentar o preconceito relacionado às suas orientações sexuais. Julia, que inicialmente se entendia como lésbica, acabou descobriu uma sexualidade mais “fluída”

Andressa Urach faz pausa na carreira pornô, “trocar os retentor, está com muito vazamento”

photo-output-1-1-1024x576 Andressa Urach faz pausa na carreira pornô, “trocar os retentor, está com muito vazamento”
Faturando milhões com a venda de conteúdo adulto nas redes sociais, Andressa Urach anunciou que dará uma pausa na produção de vídeos eróticos. Em um bate papo com os seguidores, a influenciadora contou que está diminuindo a frequência de gravações.
“Agora, eu e o Arthur [filho dela], a gente está dando uma diminuída. A gente vai tirar umas férias agora depois do Natal. A gente volta a gravar só lá em janeiro”, disse ela, revelando que pretende voltar a gravar conteúdos para seu canal do Youtube.
A loira ainda confessou que a pausa foi necessária para renovar as energias. “Acho que só tem duas [por semana] agendado. A gente estava ficando muito cansado, a gente tava ficando sobrecarregado. Muita gravação. Então, a gente decidiu dar uma freada pra nossa mente também”, concluiu.

Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados

img_6411-1-960x1024 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados
A THEAD – Brasileira cearence que foi agredid4 e 3xpulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados.
Especialmente para dorameiras iludidas como eu. Vamos lá meus parceiros de jornada
O #Dorama da vida real.Antes de tudo, a intenção aqui não é ridicularizar a moça, mas sim servir de alerta para todos nós ‘iludidos’ que bate a vontade de deixar tudo para viver um amor “perfeito” estrangeiro. É aquele ditado: nem tudo que reluz é ouro, não é mesmo?
img_6412-1-196x300 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados
Pelo que foi dito na rede social vizinha, do ex-casal tudo começou por uma mensagem entre Jacky e Jeyong. E ambos mantinham um relacionamento à distância.
img_6413-1-170x300 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados
Pelo que vemos, o relacionamento vinha há 7 meses, e já tinham uma aliança do casal.
(Tenho uma opinião, mas não vou comentar.) Leiam as legendas dos prints.
img_6414-1-219x300 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados
Jeyong veio ao Ceará e parecia um sonho não é mesmo?
Jeyong no Brasil fazendo o típico sotaque coreano fofo em português. O golpe ta aí …
É, meu amores e vieram as propostas do casamento pelo Jeyong (segue o vídeo) ela me parecia desconfiada pela pressa. Será que houveram sinais? Enfim
img_6417-1-182x300 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados

“E Jacky decide pegar o avião e conhecer o mundo de Jeyong na Coreia do Sul para viver o seu dorama da vida real.”

img_6418-1-720x1024 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados
Enfim o encontro na Coréia no mundo do Jeyong. Era inverno! Nova cultura, nova culinária,nova história! Era novo, tudo novo! Mds e parecia que estava próximo do Natal
Jacky acreditava que estava vivendo o seu dorama e postava nas redes sociais. Trago registros em vídeo “
Por acaso seria um novo dorama da Netflix? Para Jacky ela tinha encontrado o seu príncipe coreano. NOSSA HISTÓRIA
O PEDIDO SURPRESA DE CASAMENTO. Jeyong faz o pedido para Jacky na Coreia do Sul; em vídeo, ela mostra a sua reação, passada, vulgo CHOCADA.”
“É, meus amores, pela descrição do vídeo, esse dorama ao todo existia há 13 ANOS. (Não esperava tudo isso.)
ALERTA GATILHO – Final: Jeyong expulsou Jacky de casa, e ela se encontra em um país estranho. É triste demais ver uma mulher nessa situação. O caso é sério, e Jacky pede ajuda nas redes. No vídeo, ela explica melhor o que aconteceu. Qualquer informação, volto aqui. Obrigad!!
Parte. 2
img_6426-1-461x1024 Cearense é agredida e expulsa de casa pelo marido coreano após 2 semanas de casados
ATUALIZAÇÕES: Jacky está voltando ao Brasil. Muita luz na vida dela para seguir em frente. 💜

Após ataque Ticiane apaga redes sociais da filha Rafa Justus

img_5991-1-1024x629 Após ataque Ticiane apaga redes sociais da filha Rafa Justus
Ticiane Pinheiro concedeu entrevista à Quem e revelou decisão que tomou em relação às redes sociais de Rafaella Justus. Após notar que a filha estava sendo impactada por conteúdos negativos na web, a apresentadora tirou o aplicativo do Instagram do celular da adolescente e deu detalhes. Rafaella Justus também conversou com a Quem, desabafou a respeito da decisão de Ticiane Pinheiro e confessou que foi ela quem relatou à mãe o tipo de conteúdo que estava aparecendo em suas redes sociais para que uma medida fosse tomada.

Rafa conta sua experiência

Consciente de o que estava vendo em suas redes sociais não seria algo bom, Rafa Justus fez questão de compartilhar com a mãe o conteúdo que vinha aparecendo para ela. “Contei para minha mãe e conversamos sobre”, relatou a adolescente, que tem orgulho do vínculo que mantém com os pais. “Estava vendo coisas que realmente eram pesadas e obscenas”, desabafou Rafa Justus, confessando que o conteúdo estava a prejudicando e não conseguia bloquear tudo que aparecia em suas redes sociais. “Uso quando quero no celular dela”, relatou a filha da apresentadora ao encerrar o assunto.

Relato da mãe

O relato de Ticiane Pinheiro 

Ainda em entrevista concedida à Quem, Ticiane Pinheiro falou sobre a decisão drástica de tirar as redes sociais da filha e afirmou que fica “muito ligada” para proteger Rafa Justus. Em seu relato, a apresentadora contou sobre conteúdos pesados que estavam desagradando as duas e desabafou. “Apareciam pessoas que ela não seguia ensinando algumas coisinhas que não gostava”, disse a famosa, que se declara como uma verdadeira mãe leoa para cuidar das filhas.

Mulher amamenta o marido pra fortalecer o casamento

img_5569-1-300x200 Mulher amamenta o marido pra fortalecer o casamento
Para muitas pessoas pode parecer algo estranho, mas para a norte-americana Rachel Bailey, de 30 anos, amamentar o marido, Alexander, estreitou os laços entre o casal. De acordo com o site Kidspot, tudo começou em 2016 e a ideia inicial era que o homem ajudasse a esposa com o excesso de produção de leite. Contudo, os dois perceberam que o vínculo criado a partir da amamentaçãoera bom para a relação.

“Quando meu filho mais velho, Troy, que agora tem 7 anos, estava mamando, fiz um cruzeiro com Alexander”, lembrou Rachel. “No entanto, esqueci minha bomba de tirar leite e fiquei muito abarrotada por dois dias. Eu estava com muitas dores e com medo de pegar uma infecção, então decidimos que meu marido tentaria beber o leite para me aliviar”, contou.Em um primeiro momento, Rachel e Alexander reconheceram que a decisão soava estranha para muita gente, mas optaram por continuar mesmo assim. “Porém, assim que fizemos isso, percebemos que tudo estava perfeitamente bem”, compartilhou.

Sabor inusitado

Embora o gosto fosse diferente do leite normal, Rachel entendia que estava oferecendo ao marido muitos nutrientes, além de achar que era um momento de qualidade que eles passavam juntos.

“Percebemos que não havia nada de errado em eu amamentá-lo e que seria realmente bom para ele, já que é muito nutritivo”, revelou. Ela, então, continuou: “Ele não ficou resfriado por dois anos depois que começou a beber meu leite e muitas pessoas disseram que sua pele também estava muito melhor. Ele acabou adorando o sabor do meu leite materno e agora até prefere ao leite de vaca.”

Ajuda que virou um hábito

O que começou como uma ajuda se transformou em um vínculo emocional. “Adoro amamentá-lo, porque isso permite que a gente passe bons momentos juntos. Definitivamente, foi algo que nos aproximou como casal”, pontuou.

Notícia fuleragi

img_5496-1-1024x593 Notícia fuleragi
🚨TACARÁI: Pesquisa realizada no site de sexo e swing ‘Sexlog’ afirma que 30% das mulheres sentem atração por homens usando calcinhas.
Rolar para cima